Prefeitura de Camboriú
A Cidade Turista Investidor Estudante Cidadão Imprensa Contato Facebook Twitter Canal no Youtube

Notícias

Ecoponto é o local indicado para descarte de materiais
14/03/2017
Compartilhar:

Com o objetivo de incentivar a população a dar o destino correto aos resíduos, a Prefeitura de Camboriú por meio da Fundação Camboriuense de Gestão e Desenvolvimento Sustentável (Fucam) mantêm um Ecoponto, no bairro Rio Pequeno, pra receber materiais como pneus, baterias, eletrodomésticos, eletroeletrônicos, entre outros.

O Ecoponto de Camboriú fica localizado em anexo ao antigo aterro sanitário, na Rua Rio Pardo, bairro Rio Pequeno, com atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Um funcionário da Fucam trabalha no local para receber os resíduos e organizar o material recolhido.

O diretor de resíduos sólidos da Fundação Camboriuense de Gestão e Desenvolvimento Sustentável (Fucam), Alexandre de Souza Metsger, esclarece quais resíduos devem ser descartados no Ecoponto. “As pessoas podem e devem levar materiais como pneus, baterias, eletrodomésticos e eletroeletrônicos. Também temos local apropriado para receber plástico, metal e vidro”, explica.

Alexandre conta que a Fucam também está desenvolvendo alguns projetos para melhorar as questões ambientais do município. Entre eles, está viabilizar outros Ecopontos na cidade. “Sabemos que esse espaço ainda é longe para muitas pessoas, mas é importante que todos levem seus resíduos até lá para que seja feita a destinação correta. A Prefeitura faz seu papel e disponibiliza o local, agora cabe a população utilizá-lo”, reforça.    

O diretor lembra que as pessoas podem ainda descartar, por exemplo, pilhas e lâmpadas, nos locais que também vendem esse tipo de material. Esse processo de retorno dos resíduos é chamado de Logística Reversa, mas ainda é pouco conhecido.  

Como funciona a Logística reversa

A logística reversa é o processo em que determinados materiais devem retornar ao fabricante para serem reciclados, como pilhas, lâmpadas em geral, pneus, baterias, embalagens de óleos lubrificantes, produtos eletroeletrônicos e seus componentes. A Logística Reversa está prevista na Lei nº 12.305/2010 da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Desta forma, o consumidor deve encaminhar o produto até o ponto comercial mais próximo, para que este seja conduzido pelo comerciante até o seu fornecedor e, consequentemente, até o fabricante que fará a reciclagem do produto. São caracterizados como pontos de coleta todos os estabelecimentos comerciais que vendem estes produtos. “Não é necessário que o consumidor devolva no local da compra, mas em qualquer estabelecimento comercial que venda o produto”, aponta Alexandre.  

Educação Ambiental na escola

A professora, Teresinha Dalla Rosa, coordena o Programa Tatu de educação socioambiental da Fucam e reforça a importância de trabalhar o tema desde cedo com as crianças e jovens. “A escola tem um papel fundamental para a mudança de atitudes e valores frente às questões ambientais. Afinal, o aluno de hoje será o cidadão de amanhã”, observa.

Com o programa, os alunos recebem formação socioambiental e se tornam multiplicadores dessas informações dentro das suas escolas e comunidade. A primeira fase do programa em 2017 já iniciou, com visitas a escolas municipais para apresentar o Programa Tatu e identificar os alunos que tenham interesse em se tornar agentes ambientais.     

Para outras informações entre em contato com a Fucam pelo telefone: (47) 33652311 ou pelo email: ea@fucam.sc.gov.br

Todos os direitos reservadosPrefeitura de Camboriú / Santa CatarinaPrefeitura de Camboriú / Santa Catarina
Desenvolvido por BRSIS