Notícias

Selo Social está oficialmente aberto em Camboriú e Balneário Camboriú
20/04/2017
Compartilhar:

Nesta quarta-feira, dia 19, autoridades, convidados e representantes de Camboriú e Balneário Camboriú participaram da cerimônia de lançamento do Selo Social 2017 – que tem como campanha a integração entre os municípios e projetos.  O evento foi no Teatro Bruno Nitz, em BC, e começou com apresentações de dança, seguido do hino nacional - interpretado na voz e violão por uma musicista do coral da Avantis. Também teve homenagens aos apoiadores do Selo deste ano, apresentação dos conselheiros que vão acompanhar os projetos e um bate papo com autoridades convidadas.  A inscrição foi aberta oficialmente e vai até preencher todas as 60 vagas disponíveis.

O Selo Social é promovido pelo Instituto Abaçaí e tem o apoio das Prefeituras de Camboriú e Balneário Camboriú, Faculdade Avantis e Instituto Federal Catarinense (IFC), assim como de empresas da região - Cópia & Cia, Alcon, Hotel Sibara, Embraed, Viação Praiana, Green Valley, Alta Cúpula e Colégio Visão. Na ocasião, todos estavam com seus representantes na cerimônia de lançamento e se mostraram muito contentes e com boas expectativas quanto ao Selo Social deste ano e o apoio ao tema integração.

A diretora do Instituto Abaçaí, Carina Giunco, deu as boas vindas e ressaltou a importância dessa ligação entre as pessoas que desenvolvem o projeto, desde quem apóia até quem produz as ações. “Nós trazemos as ferramentas e fazemos essa intermdiação e é muito bom ver todos os envolvidos presentes na noite de lançamento do projeto. Vejo que todos estão aqui em prol do desenvolvimento social das duas cidades”, declarou.  O vice-prefeito de Camboriú, Ramon Jacob, também falou sobre a importância de apoiar o Selo na cidade e reafirmou a integração. “Tudo o que vem para facilitar nosso desenvolvimento é interessante. Esta é a segunda vez que BC e Camboriú se reúnem para unir forças em prol da sociedade e isso deve continuar”, afirmou.   

A coordenadora da Liga do Bem (Programa social da Embraed idealizado pelos próprios funcionários), Ster Fregossi, conta como é a experiência de participar do Selo Social. “Depois que entramos no Selo Social os projetos que já desenvolvemos neste segmento dentro da empresa melhoraram muito, conseguimos expandir alguns e avaliar e mensurar o impacto social das ações”, esclarece. Ster também lembra que o Selo ajuda não só a desenvolver projetos, mas também para quem tem interesse em apoiá-los. “Muitas vezes pensamos em algum novo projeto e aí descobrimos que já tem alguém que pensou nisso. Então como investidor do Selo também podemos apoiar esses projetos que nos identificamos, é muito bacana”, conclui.  

Entre os conselheiros eleitos para o Selo Social deste ano, está Teresinha Dalla Rosa, professora e coordenadora do Programa Tatu de Educação socioambiental - desenvolvido pela Fundação Camboriuense de Gestão e Desenvolvimento Sustentável (Fucam). Ela explica qual o papel do conselheiro no desenvolvimento dos projetos. “O conselheiro é quem participa ativamente de todo o processo de criação dos projetos, dá todo o suporte para seu crescimento”, esclarece.

Terezinha ainda revela que um dos programas que a Fucam deve inscrever no Selo Social deste ano é justamente o Programa Tatu. “Vejo que tudo o que vem para somar é válido, o Selo pode nos dar uma visibilidade ainda maior para expandir esse programa que é tão importante para o futuro da nossa sociedade. Só temos a agradecer ao Instituto Abaçaí, Prefeituras e apoiadores”, conclui. 

Como participar

O Selo Social tem por objetivo integrar os três setores da comunidade visando qualificar e fortalecer projetos que impactem positivamente na sociedade. Desta forma, o poder Público, empresas e sociedade civil organizada se unem para – a partir de encontros e formações técnicas – identificar problemas sociais e escrever ou potencializar projetos de forma estruturada para resolver estes problemas. O Selo Social dispõe de 60 vagas, que podem ser ocupadas por empresas, instituições e órgãos públicos que tenham projetos ao desenvolvimento social. As inscrições são gratuitas, estão abertas e podem ser feitas pelo site www.selosocial.com

Todos os direitos reservadosPrefeitura de Camboriú / Santa CatarinaPrefeitura de Camboriú / Santa Catarina
Desenvolvido por BRSIS