Notícias

Instituto Abaçaí promove primeiro encontro com participantes do Selo Social
25/05/2017
Compartilhar:

A equipe do Instituto Abaçaí realizou na terça-feira, dia 23, o primeiro encontro de acolhimento com os 56 participantes do Selo Social deste ano. A partir de agora, os encontros serão quinzenais, com o objetivo de dar início aos treinamentos e orientações que irão auxiliar no desenvolvimento e aperfeiçoamento dos projetos propostos.  Entre os inscritos estão 19 empresas, 15 entidades e órgãos públicos e 22 organizações da sociedade civil, que devem comparecer a pelo menos 70% das atividades, além de cumprir todos os critérios para obter a certificação.   

O Selo Social tem por objetivo integrar esses três setores da comunidade visando qualificar e fortalecer projetos que impactem positivamente na sociedade. Desta forma, Poder Público, empresas e sociedade civil organizada se unem para – a partir destes encontros e formações técnicas – identificar problemas sociais e escrever ou potencializar projetos de forma estruturada para resolver estes problemas. Ao cumprir todo o cronograma proposto, os participantes recebem a certificação do Selo Social no projeto que foi desenvolvido e lapidado ao longo do ano. 

A diretora do Instituto Abaçaí, Carina Giunco, conta como vão funcionar os encontros de acolhimento. “A proposta das atividades é orientar os participantes para estruturar um projeto social – transmitir a ideia para um documento escrito e, no passo seguinte, viabilizar a sua execução. Numa outra frente, eles aprendem a avaliar os impactos sociais, por exemplo, a abrangência e o público-alvo beneficiado de cada uma destas ações”, explica. 

A campanha do Selo Social deste ano visa trabalhar com o tema ‘Integrando e reconhecendo nossa cidade’, com atividades, encontros e projetos integrados entre Camboriú e Balneário Camboriú. “Vamos utilizar várias estratégias para transmitir os conceitos de gestão de projetos aos participantes e fazer essa integração”, explica Carina. No cronograma de treinamento, estão incluídas assessoria individuais, online e presenciais para cada participante, tudo ministrado por representantes do Instituto.

A Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social de Camboriú é a anfitriã do programa no município. A diretora da pasta e responsável pelo acompanhamento do Selo Social na cidade, Osnilda Monteiro de Lima, destaca a importância de dar esse suporte ao programa. “Como anfitriões devemos acompanhar e fiscalizar a participação dos inscritos da nossa cidade e auxiliar na questão da integração e desenvolvimento dos projetos ao longo do programa”, comenta.  

Entre as instituições camboriuenses inscritas no Selo Social deste ano estão algumas como Associação Camboriuense de Judô (ACAJ), Associação Kadiz Esporte e Lazer, Grupo da Melhor Idade Raio de Sol, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Camboriú (APAE), Instituto Redenção, Comando Militar do Anjo da Guarda Fest, entre outras. A Fundação Cultural e Secretarias de Saúde e Educação também estão participando. Além disso, a Fundação Camboriuense de Gestão e Desenvolvimento Sustentável (Fucam) e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico têm representantes como conselheiros, participando ativamente de todo o processo de criação dos projetos.

O Selo Social é promovido pelo Instituto Abaçaí e tem o apoio das Prefeituras de Camboriú e Balneário Camboriú, Faculdade Avantis e Instituto Federal Catarinense (IFC), assim como de empresas da região. 

Todos os direitos reservadosPrefeitura de Camboriú / Santa CatarinaPrefeitura de Camboriú / Santa Catarina
Desenvolvido por BRSIS