Notícias

Cambura vence o Hercílio Luz fora de casa
17/07/2017
Compartilhar:

Até a partida de ontem, válida pela quarta rodada da Série B do Catarinense 2017, o Camboriú FC nunca havia deixado o estádio Anibal Torres da Costa, em Tubarão, com derrota. E a escrita permaneceu após o apito final do duelo entre Hercílio Luz x Cambura, neste domingo, dia 16. O Tricolor foi até o sul do estado enfrentar o líder e única equipe – até então – com 100% de aproveitamento na competição. Mas o tabu e a boa apresentação da Cambura se sobressaíram ao retrospecto do adversário. Com dois gols de Brasão e um de Padu, o Camboriú bateu o Hercílio Luz por 3×2. Mateus Arence marcou duas vezes para os donos da casa.

Com a vitória, o Tricolor vai a 7 pontos na classificação da Série B, ocupando a quarta colocação, com a mesma pontuação do vice-líder, Marcílio Dias, e 2 pontos atrás do líder, que segue sendo o Hercílio Luz. Na próxima rodada, a Cambura volta a jogar fora de casa. Na quarta-feira, dia 19, enfrenta o Juventus no estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul, às 20h.

O jogo

Sob um sol escaldante em pleno inverno, a partida começou equilibrada, com chances para os dois lados. Aos 6 minutos, o time da casa quase abriu o placar em chute que passou raspando. O Tricolor respondeu em seguida, com batida de longe de Juninho Aguiar. Aos 11, Hyantony tentou de bicicleta, mas parou no goleiro. Aos 13, o Hercílio Luz teve três chances seguidas, chegou a acertar o travessão, mas não abriu o placar. Aos 20, então, foi a Cambura quem resolveu mexer no 0x0. Após jogada pela lateral, a bola sobrou dentro da área para Padu. Com tranquilidade, o garoto colocou a bola na rede para fazer 1×0 Cambura. Foi o primeiro gol dele na competição.

A partida continuou equilibrada mesmo após o gol. Aos 30 minutos, Juninho Aguiar foi atendido e deixou o gramado. Ele retornou ao ser liberado pelo quarto árbitro. O árbitro da partida, porém, ignorou a ordem do companheiro de escala, parou o jogo e aplicou ao camisa 10 da Cambura um cartão amarelo. Aos 42, em jogada lateral, o Hercílio Luz chegou ao empate. Mateus Arence bateu forte, sem chances para Paulo Roberto. Intervalo, 1×1.

Se o primeiro tempo foi movimentado, a etapa final reservava ainda muitas outras emoções. O Hercílio Luz assustou aos 6 minutos, mas foi novamente a Cambura quem passou à frente. Aos 10, Juninho Aguiar virou bela bola para Padu. O camisa 7 encontrou Hyantony, que na entrada da área, serviu Brasão de forma espetacular. O camisa 9 recebeu e, com tranquilidade, mandou para as redes. 2×1 Tricolor, o quinto de Brasão na competição. Na comemoração, ele tirou a camisa e levou cartão amarelo.

O Tricolor, porém, nem teve tempo de comemorar, no minuto seguinte, Mateus Arence aproveitou bobeira da zaga da Cambura e empatou a partida: 2×2. A partida seguiu tensa e equilibrada até os 28 minutos. Em cobrança de escanteio de Darlem, Padu desviou no primeiro pau e encontrou Brasão, no segundo, livre para marcar. Foi o sexto gol em quatro jogos do artilheiro da Série B. O 23º dele em 22 jogos com a camisa Tricolor.

A partir daí, o Hercílio Luz se lançou ao ataque buscando o empate. A Cambura poderia ter matado o jogo aos 35, mas Hyantony acabou perdendo chance dentro da pequena área. O Hercílio Luz teve seguidas chances em faltas laterais, mas a defesa bem postada do Tricolor afastava o perigo seguidamente. Aos 48, na melhor chance dos donos da casa, o goleiro Paulo Roberto operou dois milagres seguidos para garantir a vitória. No contra-ataque, ainda deu tempo do goleiro do Hercílio também operar um milagre em conclusão de Willian Oliveira. Mas não havia tempo para mais nada. Fim de jogo: Hercílio Luz 2, Camboriú 3.

Todos os direitos reservadosPrefeitura de Camboriú / Santa CatarinaPrefeitura de Camboriú / Santa Catarina
Desenvolvido por BRSIS