Notícias

Prefeitura de Camboriú realiza ações para Setembro Amarelo
11/09/2017
Compartilhar:

Os moradores de Camboriú terão acesso a informações sobre prevenção ao suicídio e valorização da vida em ações programadas pela Prefeitura para marcar o Setembro Amarelo na cidade. As atividades incluem uma sensibilização na tarde do dia 12, palestras no dia 15 e distribuição de informativos ao longo de todo o mês. Toda a programação é organizada pela Secretaria de Saúde, por meio do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), que é responsável pelo tratamento de pacientes com transtornos mentais graves e severos na cidade.

A psicóloga e coordenadora do CAPS de Camboriú, Thalita Berlinck, explica que a sensibilização sobre o tema é importante porque grande parte dos casos de suicídio estão ligados a transtornos mentais e poderiam ser combatidos com a atenção e tratamentos corretos. “Diversos transtornos mentais apresentam o desejo de suicídio como sintoma. É um sinal de alerta que indica a necessidade de um tratamento psicológico ou psiquiátrico. É importante saber que a vontade de deixar de viver é um momento, que vai passar quando a pessoa entender os motivos, receber tratamento e se estabilizar”, esclarece Thalita. 

Para ajudar a divulgar essas informações, na terça-feira, dia 12, uma equipe do CAPS estará na Praça das Figueiras – no centro de Camboriú – distribuindo informativos sobre prevenção. O material didático lista frases comuns de pessoas que correm risco de suicídio, bem como outros sinais de alerta, explicando como identificá-los. Também descreve maneiras de ajudar e de se comunicar com quem demonstra ter pedido o desejo de viver.  

Palestras abertas ao público

Na sexta-feira, dia 15, toda a comunidade está convidada para participar de uma série de palestras educativas com foco no combate e prevenção ao suicídio. O evento será realizado no auditório da Secretaria de Saúde e conta com a participação de representantes do Centro de Valorização à Vida (CVV) e de dois psiquiatras. Um deles, Rodrigo Assunção, vai falar sobre valorização da vida e prevenção do suicídio. Além disso, Raquel Basso, médica do CAPS de Camboriú, vai explicar como funciona o protocolo de atendimento de pacientes com tentativas de suicídio pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no Município. 

O evento está marcado para iniciar às 13h30min e deve ir até por volta das 17 horas. As inscrições serão feitas na hora e são gratuitas. “Quem tem pensamentos suicidas ou conhece alguém que demonstra ter, deve aproveitar essa oportunidade de adquirir informações e motivação. Convidamos todos a participar”, reforça o secretário de Saúde Ronnye Peterson dos Santos. O auditório da Secretaria de Saúde fica junto à Policlínica Municipal, na Rua Porto Alegre.

Todos os direitos reservadosPrefeitura de Camboriú / Santa CatarinaPrefeitura de Camboriú / Santa Catarina
Desenvolvido por BRSIS