Notícias

Prefeitura de Camboriú vai limpar terrenos e cobrar do proprietário
05/08/2019
Compartilhar:

As ações de combate à dengue foram intensificadas pela Secretaria de Saúde de Camboriú, por conta do aumento do número de casos da doença – já são 345 confirmados. O Brasil registrou 600 mil novos casos só neste ano.  O crescimento da doença preocupa os gestores públicos. Nesta semana foi definido durante a reunião da sala de situação da dengue que a Prefeitura vai notificar e dar um prazo de 10 dias, para que os proprietários limpem seus terrenos, caso não seja feito, a Prefeitura vai realizar a limpeza e cobrar do dono. Na próxima semana os proprietários começam a ser notificados.

O prefeito Elcio Rogério Kuhnen assinou o decreto nº 3.517/2019, que possibilita que o município contrate serviços de caráter emergencial de limpeza para terrenos públicos ou particulares que estejam oferecendo risco à saúde pública; bem como, serviços de assistência à saúde que se fizerem necessários. “Manter os terrenos limpos é fundamental para conter o foco do mosquito. Nós vamos realizar essa limpeza, por meio de uma parceria com as empresas que foram multadas e fizemos um acerto para reverter o valor em horas de caminhão e máquinas”, explica a presidente da Fundação do Meio Ambiente Liara Rota Padilha Schetinger. “Vamos aproveitar essas horas das empresas para auxiliarem nesse trabalho de limpeza”, conclui.

De acordo com a secretária de Saúde, Elisama de Freitas, outras ações são realizadas, como a contratação de mais quatro agentes de endemia para reforçar os trabalhos nas casas, inclusive aos sábados para orientar os moradores que não são encontrados durante a semana. Os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) também serão capacitados, caso seja necessário eles poderão atuar no trabalho de prevenção à dengue e outras epidemias.

Todos os direitos reservadosPrefeitura de Camboriú / Santa CatarinaPrefeitura de Camboriú / Santa Catarina
Desenvolvido por BRSIS