Notícias

Prevenção e combate ao suicídio é tema de palestra para os profissionais da Saúde de Camboriú
13/09/2019
Compartilhar:

Na tarde desta sexta-feira, dia 13, o auditório da Secretaria de Saúde de Camboriú ficou lotado com a presença dos profissionais de saúde, convidados do Conselho Tutelar e de outras secretarias, que puderam assistir a palestra com o tema sobre prevenção ao suicídio. O evento foi promovido pelo Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) em alusão ao Setembro Amarelo e contou ainda com apresentações de um grupo teatral da comunidade terapêutica do Centro Especializado em Reabilitação de Toxicômanos e Alcoolista (Certa), dos alunos do Recriarte, Mariana Correa e Henry Hames, que fizeram apresentação cultural com música e poema. Além do dentista da unidade básica de saúde do bairro São Francisco, Fernando Gustavo Schneider, que também fez uma apresentação musical.

O tema central da palestra foi “Suicídio: Quando a última linha é cruzada”, ministrada pela psicóloga Maria Conceição Borba (Sula) e na sequência foi a vez da psicolodaga e coordenadora do CAPS, Thalita Berlinck falar sobre o assunto. Segundo a psicóloga e coordenadora do NASF, Joyce de Almeida Cruz, o combate ao suicídio precisa ser tratado de setembro a setembro, por isso, o evento foi uma promoção e prevenção à vida, com o objetivo de educação e saúde para atuar na prevenção quanto às doenças de saúde mental diariamente.


“Não da mais para ignorar essa realidade, por isso, buscamos levar esse conhecimento e reflexão para seu dia a dia, sabendo que com isso eles poderão fazer a diferença na vida das pessoas que estão ao seu redor, cuidando uns dos outros e ninguém soltando a mão de ninguém”, salientou.


Para a secretária de Saúde, Elisama Freitas, é muito mais difícil perceber os sintomas depressivos em quem está perto, porém, todos devem sempre estar atentos para identificar os sinais e prontos para oferecer ajuda. “O amor é o melhor remédio, por isso, precisamos sempre observar os que estão ao nosso redor, pois muitas vezes eles só precisam de carinho e atenção para se sentir a vontade e solicitar ajuda”, ressaltou.


O diretor do Certa, Luciano Augusto Martins, lembrou que Camboriú está entre as cinco cidades do Estado que mais recebe investimentos, para que seja realizado o acolhimento de pessoas com problemas de dependência química. “É grande número de suicídio entre pessoas com dependência química, porém, temos sempre que estar atentos, pois o amor tem início, mas não tem fim e podemos sempre ajudar”.


Nos dias 24 e 25 de setembro as palestras serão voltadas para pais de adolescentes e profissionais da educação, das escolas municipais CAIC Jovem Ailor Lotério de Camboriú, Ebm Professor Abalor Américo Madeira, Anita Bernardes Ganancini, e das escolas estaduais Professora Maria Terezinha Garcia e Alcuino Gonçalo Vieira.



Prefeitura de Camboriú

Assessoria de Imprensa

(47) 3365-9500

Todos os direitos reservadosPrefeitura de Camboriú / Santa CatarinaPrefeitura de Camboriú / Santa Catarina
Desenvolvido por BRSIS